Travestis, transexuais e qualquer outro candidato que deseja realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2017, utilizando o nome social, já pode solicitar a alteração através do endereço: enem.inep.gov.br/participante. Em 2014, primeiro ano da entrada em vigor da medida, 102 pessoas usaram o nome social, em 2015 o número passou para 278 participantes e em 2016, 407 participantes.

(Imagem Ilustrativa)
  • Compartilhe no Facebook

(Imagem Ilustrativa)

O prazo para preencher o formulário termina às 23h59 do dia 4 de junho. Para fazer a solicitação é preciso acessar a página do participante fornecendo CPF e senha.  No canto superior esquerdo está a opção pelo atendimento por nome social, que deverá ser preenchida. O participante deverá então, deve clicar no botão de visualizar e imprimir o formulário de solicitação, na sequência, serão abertos os campos para anexar os documentos comprobatórios da condição que motiva a solicitação de atendimento pelo nome social que são:

– uma fotografia atual e nítida com fundo branco;

– cópia digitalizada da frente e do verso de um dos documentos de identificação oficial com foto;

– cópia assinada e digitalizada do formulário de solicitação;

Caso a solicitação não seja aprovada, o participante receberá um e-mail solicitando um novo documento, que deverá ser enviado ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no prazo máximo de três dias.

As provas do Enem 2017, serão aplicadas nos dias 5 e 12 de novembro. Sendo que, os candidatos poderão utilizar o resultado em processos seletivos para vagas no ensino público superior, pelo Sistema de Seleção Unificada, para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para obter crédito pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Para saber mais acesse: portal.inep.gov.br