Por Larissa Mazaloti

 

O livro desta quinta-feira (16) inspirou um filme de mesmo nome: E Se Fosse Verdade…, do autor Marc Levy. Para quem não lembra se já viu o filme, ele tem como casal protagonista o ator Mark Ruffalo (Ensaio Sobre a Cegueira) e a atriz Reese Witherspoon (Legalmente Loira). Mas, como dizem os mais entendidos, o livro é sempre melhor que o filme.

 

E Se Fosse Verdade foi enviado pelo grupo de leitura do deputado federal Marcelo Almeida, Conversa Entre Amigos. A Onda Sul FM também tem parceria com a livraria Kyrios e com a Editora Novo Conceito.

 

Sinopse

 

Arthur é um arquiteto de sucesso em São Francisco. Um dia, exausto mas satisfeito, ele volta para seu recém-alugado apartamento depois de mais um dia de trabalho. Com caixas de papelão espalhadas pela sala lembrando-lhes suas obrigações, ele tira o terno e começa a desfazer os pacotes, dando início à arrumação do seu novo lar.

 

Tarde da noite, terminado o trabalho, dirige-se ao banheiro, liga o rádio, tira a roupa e entra na banheira com um suspiro de alívio. Peggy Lee está cantando enquanto Arthur mergulha várias vezes a cabeça na água. É quando começa a ouvir o som de estalar de dedos, vindo de dentro do armário do banheiro. Intrigado, sai da água e, pé ante pé, respira fundo, abre as portas do armário, arregala os olhos e faz um movimento de recuo ao perceber, oculta entre os cabides, uma mulher sentada, de olhos fechados, fascinada com o ritmo da música. Arthur conclui que aquela cena, no mínimo patética, foi planejada por seu sócio – uma espécie de brincadeira – com o intuito de dar-lhe as boas-vindas. Ele só não sabe ainda que essa mulher – que somente ele poderá ver dali em diante, um fantasma vivo – mudará a sua vida.

 

Que pensar de uma mulher que escolhe o banheiro de seu próprio apartamento para viver? Que se espanta com o fato de que seu novo morador pode vê-la? Que desaparece e reaparece à vontade e quer ser resgatada de um coma profundo no leito de um hospital do outro lado da cidade? Apesar de seu estado, a jovem e bela Lauren consegue, espiritualmente, voltar para o seu antigo apartamento. Para dentro do armário do banheiro.

 

Inicialmente se recusando a acreditar na história de Lauren, Arthur só fica convencido de toda a verdade quando vai até o hospital e a encontra desacordada. A partir daí, ele vai fazer o impossível para ajudá-la a voltar ao seu estado natural. E se Fosse Verdade… é uma história repleta de romantismo e bom humor, ingredientes que cativaram todo o mundo e transformaram Marc Levy em um dos mais adorados escritores da atualidade.

 

PARTICIPE

 

 

 

 

 

Para participar da promoção, fique atento, na próxima quinta-feira (14), das 7h30 às 10h. Você pode ligar durante o programa, no telefone 46 35247760 ou participar através do site www.radioondasul.com.br e ainda enviar torpedo para os números: 9972 5800 / 9111 8757 e pelo twitter @radioondasul.

 

 

 

 

Importante: Em todas as formas de participação você precisa dar o seu nome, seu telefone, onde mora e O NOME DO LIVRO do dia.