Policiais Civis de Pato Branco (PR) e campo Erê (SC) deflagraram na manhã desta terça-feira (16) a operação “Centopeia” e cumpriram oito mandados de busca e apreensão em residências localizadas na cidade catarinense. Em uma delas foram localizados produtos furtados no mês passado do caminhão de uma transportadora da cidade de Pato Branco. Além dos produtos, a polícia entrou de posse de um dos acusados, munições, cerca de R$ 40 mil em dinheiro, roçadeiras, motosserras, lava jatos e um compressor de ar.  Ao todo, sete foram detidas e devem responder por furto qualificado e associação criminosa.

De acordo com o delegado Ivonei Oscar da Silva, que responde pela Denarc de Pato Branco, logo após a polícia ter tomado conhecimento do furto de dois caminhões no pátio da empresa em Pato Branco, as diligências tiveram início. Um veículo foi encontrado na PR 280, entre as cidades de Renascença e Marmeleiro na manhã posterior ao furto, com parte das mercadorias, e o outro foi localizado na cidade de São Lourenço D’ Oeste (SC), esse completamente vazio.

Durante as investigações, uma pessoa foi detido e acabou confessando os demais envolvidos no furto.  A partir de então foi uma corrida contra o tempo, pois as mercadorias já estavam sendo comercializadas, declarou o delegado. Além dos autores do furto, quem comprou as mercadorias também vai responder perante a justiça. Os compradores serão indiciados pelo crime de receptação.

A Polícia Civil tem agora um prazo de 10 dias para concluir o inquérito e fazer o encaminhamento à justiça. Enquanto isso, os presos na operação permanecem recolhidos na carceragem provisória da 5ª SDP, em Pato Branco. Os detalhes da investigação e operação serão divulgados à imprensa na tarde desta terça-feira (16), a partir das 16 horas.

Fotos: Portal Campo Erê