Médico fala sobre a saúde do homem

por Redação RBJ em 30 de agosto de 2016 13:50
por Redação RBJ em 30 de agosto de 2016 13:50

A campanha “Agosto Azul” é realizada em todo o país e visa alertar sobre os riscos das doenças do homem e a importância de realizar exames preventivos periodicamente. A Rádio Onda Sul FM, abordou o tema nesta manhã de terça-feira (30), durante o Onda News.

imagesO  Urologista Arlindo Serena,iniciou a entrevista falando sobre a importância das campanhas de conscientização. “A campanha agosto azul é oportuna e muito bem-vinda na classe médica. Essa é uma ação da saúde e da Sociedade Brasileira de Urologia e quanto mais campanhas existirem nesse sentido melhor”, ele comentou também sobre a resistência dos homens em procurar se prevenir. “O homem sempre teve uma resistência maior de fazer prevenção, geralmente procurava só em situações de emergência. Hoje, felizmente, muitos homens procuram simplesmente para saber se estão bem, e isso é muito bom. O que a ciência busca, emprega e faz acontecer, é no sentido não só da longevidade, mas que é necessário viver com qualidade e a prevenção faz parte disso”, explicou.

Os exames de geriatria não devem iniciar aos 60 anos e sim aos 35, para que assim seja possível chegar na terceira idade com uma boa condição de saúde e ter qualidade de vida, como afirmou o especialista.

O nosso maior patrimônio é o nosso corpo, então se ele não estiver bem o restante, a parte material, não tem valor. Em primeiro lugar o nosso corpo, a nossa saúde tem que estar em dia

agosto-azul-tem-exames-e-servicos-gratuitos-na-manha-deste-sabado-g-20082016-082907 Quanto a reposição hormonal, o Urologista explica. “Não existe idade, normalmente as alterações começam mais próximo da terceira idade ou já na terceira idade. Porém, alguns jovens podem apresentar uma taxa hormonal abaixo do nível e necessitar realizar a reposição hormonal. Vale lembrar que, essa reposição só é feita quando necessário, quando o paciente tem sintomas e o exame comprova que ele tem taxas baixas”, disse.

O médico ainda esclareceu: “A maior incidência de câncer no homem é o da próstata. A diferença está em quem faz a prevenção. Quem descobre no início tem uma porção de modalidades terapêuticas, além de cirurgias que oferecem uma condição boa de cura e qualidade de vida. A vida sexual ativa do homem, é uma parte importante e traz o bem-estar não só pelo fato do ato em si, mas tendo uma condição hormonal boa, melhora tudo. Melhora a parte física, a intelectual, a memória, o humor”, declarou.

images (1)Ao final da entrevista, o médico deixou um recado aos ouvintes. “O homem deve se preocupar. É um exame simples, rápido. Procure o seu urologista uma vez por ano, faça a sua avaliação. Você só terá benefícios! Você vai ser orientado, vai ficar mais seguro! Nem todos os casos de câncer de próstata, exigem cirurgia ou radioterapia. A medicina está defendendo muito as indicações menos invasivas. Cirurgia só quando necessário”, finalizou.

Ouça a entrevista na íntegra:

Entrevista  Arlindo Serena 30/08/2016

Os comentários para esta matéria estão desabilitados. Caso deseje comentar sobre este conteúdo, fique a vontade em utilizar o botão do Facebook logo no inicio da matéria para compartilhar seus comentários através de seu perfil na rede social.
Compartilhar