Por Larissa Mazaloti

 

Através do site da Onda Sul FM e por telefone, uma série de reclamações e denúncias do ouvinte acabam virando notícia. Um dos assuntos mais recorrentes é a indignação de moradores vizinhos a terrenos baldios particulares. Segundo eles, o descuido dos proprietários resulta no matagal, sujeira, bichos, sujeira e até objetos que acabam sendo focos do mosquito da dengue.

 

Se os terrenos são particulares, nada mais justo que os donos limpem. Mas isso só é realmente verdade se existe uma legislação que prevê solução para o problema.

 

O secretário municipal de Urbanismo, Arilson Sabadim deixa claro que a obrigação é de cada proprietário e que calor e chuva acabam acelerando o crescimento do mato.

 

OUÇA