Se apresentou na 19ª SDP (Subdivisão Policial) de Francisco Beltrão nesta terça-feira (30) o dono do carro que atropelou o menino Oscar Bernardo Wessler, 3 anos, na cidade de Verê. O acidente aconteceu no sábado (27) à tarde, no Bairro Verdes Campos. O carro era conduzido por uma adolescente de 14 anos que estava apreendendo a dirigir e perdeu o controle da direção. O menino estava na varanda da casa.

O dono do veículo, que é namorado da mãe da adolescente, Adierson Antonio Stedille, estava junto na hora do acidente, mas fugiu sem prestar socorro e só se apresentou hoje em companhia do advogado Rodrigo Finatto.

Adierson foi interrogado pelo delegado Valderez Scalco, mas se reservou no direito de comentar o fato somente em juízo. A única frase dita por ele ao delegado foi a seguinte: “Senhor delegado, eu prefiro me manifestar somente na presença do juiz”.

Após assinar o termo de apresentação, Adierson foi liberado e vai aguardar os desdobramentos da justiça. A documentação já foi encaminhada à Delegacia de Polícia de Dois Vizinhos, onde o caso está sendo investigado pelo delegado Marcelo Renk Chagas.

O menino Oscar, que teve a perna esquerda amputada, permanece internado no Hospital São Francisco, em Francisco Beltrão. Ele deve ser transferido ao Angelina Caron, de Curitiba, nesta quarta-feira (01).

A remoção só depende das condições climáticas, uma vez que será feita por uma aeronave da Secretaria de Estado da Saúde (SESA).