A Polícia Civil de Água Doce, oeste de Santa Catarina, cumpriu na tarde de segunda-feira (13), o Mandado de Prisão Preventiva contra V.A.S, 43, acusado de matar na madrugada do último domingo (12), Fernando Gonçalves, 23, na localidade da Pedreira, interior do município.

Segundo o acusado, que em depoimento, acompanhado de seu advogado, confirmou ser o autor do crime, ele efetuou o disparo porque a vítima teria invadido sua propriedade após uma discussão por estarem ouvindo música em volume elevado. Ele relatou que ao pedir para que os vizinhos diminuíssem o volume, foi agredido a pedradas. Ao correr para sua casa, foi perseguido por Gonçalves. Em meio à discussão, na tentativa da vítima em adentrar em sua casa, o acusado efetuou o disparo que acertou o peito do rapaz.

Na ocasião, o Corpo de Bombeiros foi acionado, mas a vítima não resistiu e morreu no local, por volta da 01h30. Polícia Militar, Polícia Civil e Instituto Geral de Perícias também trabalharam na ocorrência. Após prestar depoimento, o acusado foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Joaçaba e, posteriormente, ao presídio regional, onde permanece à disposição da Justiça.