Celço Arisi, diretor do escritório regional da Sanepar, e Rubens Gorris, diretor da agência da Copel, estiveram na Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão na terça-feira, 26, atendendo convite feito pelo Legislativo, através de requerimento. O principal objetivo foi ouvi-los sobre questões relacionadas a falta de energia elétrica e racionamento de água. Os dois tiveram a oportunidade de falar na Tribuna da Câmara e depois responderam perguntas formuladas pelos vereadores.

Rubens relatou que as principais causas de interrupção do fornecimento de energia são relacionadas ao clima, especialmente tempestades, e as árvores, quando os galhos atingem a rede de energia. Mas garantiu que quando o problema acontece a empresa interfere de forma imediata para restabelecer o fornecimento. Também destacou que o trabalho preventivo, através da inspeção das redes, estão sendo intensificados.

No caso da Sanepar, Celço destacou que o consumo de água teve elevação acima da média em janeiro, devido ao forte calor, e isso fez com que não fosse possível atender a demanda, resultando no racionamento. Relatou ainda que a empresa vai realizar um investimento significativo, já em fase de licitação, para aumentar o fornecimento de água tratada. No caso da coleta e tratamento de esgoto, ele destacou que os principais investimentos serão na Cidade Norte, também em fase de licitação. Nestes dois projetos serão aplicados mais de R$ 25 milhões em Francisco Beltrão.