O final de semana teve duas mortes por afogamento na região sudoeste do Paraná. Em Chopinzinho, um adolescente de 17 anos morreu no alagado da represa Hidrelétrica Salto Santiago. O incidente ocorreu no sábado (27) a tarde. O jovem, que morava em Pato Branco, estava acampado com a família da namorada. O afogamento aconteceu enquanto o jovem mergulhava bem próximo da margem. O corpo dele foi resgatado pelos Bombeiros e levado ao IML de Pato Branco.

Outro caso foi em uma área de camping (recanto) em Francisco Beltrão, durante a tarde deste domingo (28). A vítima foi um empresário de 36 anos, morador em Jaraguá do Sul (SC). Ele passava férias em Francisco Beltrão e foi até o camping acompanhado da família e amigos. O afogamento ocorreu numa cachoeira do Rio 14. O local é impróprio para banho, conforme determinação dos responsáveis pelo recanto.

Apesar das placas orientando quanto ao risco e também a presença de seguranças, o empresário desrespeitou e o incidente acabou acontecendo. O corpo dele foi encontrado após cerca de 15 minutos de busca e recolhido ao IML de Francisco Beltrão.

Para evitar acidentes como esses, é preciso respeitar as faixas e avisos, além de não entrar em locais onde há avisos de perigo de morte ou em águas poluídas. Muito importante também é nunca deixar crianças sozinhas e, se for andar de barco ou qualquer outra embarcação, usar sempre coletes salva-vidas. Além destas, os Bombeiros dão outras dicas importantes.

* Evite nadar sozinho.
* Não tome bebida alcoólica antes de entrar na água.
* Não se afaste da margem.
* Não salte de locais elevados para dentro da água.
* Não tente salvar pessoas em afogamento sem estar
devidamente habilitado.
* Prefira lançar flutuadores para salvar pessoas ao invés da
ação corpo a corpo.
* Identifique nas proximidades a existência do salva-vidas e permaneça próximo a ele.
* Evite brincadeiras de mau gosto como os conhecidos “caldos”.
* Evite navegar com carga em excesso.
* Somente conduza embarcações se for habilitado.