Por Larissa Mazaloti

 

O Dia Nacional do Aposentado, lembrado em 24 de janeiro é a data que marca a assinatura em 1923, da Lei Eloy Chaves que criava, na época, a caixa de aposentadorias e pensões para os empregados de todas as empresas privadas das estradas de ferro. Até este episódio a Previdência Social atendia apenas a funcionários do governo federal.

 

Para o presidente da Associação dos Aposentados de Francisco Beltrão, Aécio Araújo o dia não é de comemoração. “A situação não é nada animadora”, disse ele em entrevista ao jornalista Luiz Carlos Bággio, da Onda Sul FM. De acordo com ele, as últimas notícias dão conta que o aposentado está sendo sacrificado e não recebe aquilo que contribuiu.

 

Araújo pontua cinco itens de reivindicação da população que vive de aposentadoria:

 

>Recomposição perdas históricas
>Reajuste do salário mínimo
>Emenda 29
>Fim do fator previdenciário
>Fim da desvinculação da receita da união

 

Ouça a entrevista completa