Por Ivan Cezar Fochzato

O Conselho da Comunidade da Comarca de Palmas pretende proporcionar um natal diferente para os mais de setenta detentos da carceragem provisória da Delegacia de Palmas. Conforme a presidente da entidade, Elisete Rodhen Peixoto, é proporcionar momentos de um relacionamento familiar entre detentos e seus filhos, resgatando valorização do sentimento de família, importante para a ressocialização dos detentos para que não se sintam desamparados. A presidente também comenta sobre os projetos do conselho para o próximo ano, salientando, que se estuda a criação de um espaço para que os presos possam trabalhar. Confira  áudio

 

Clique AQUI e conheça CONSELHO DA COMUNIDADE DA COMARCA DE PALMAS

 

A composição e as incumbências do Conselho da Comunidade estão previstas nos artigos 80 e 81 da LEI DE Execuções Penais, e dentre as atribuições estão visitas, pelo menos, mensalmente, os estabelecimentos penais existentes na Comarca; entrevistar presos; apresentar relatórios mensais ao Conselho Penitenciário e ao juiz da execução, especificando as contas; e diligenciar a obtenção de recursos materiais e humanos para melhor assistência ao preso ou internado, em harmonia com a direção do estabelecimento.