Por Ivan Cezar Fochzato
Fonte: AEN

 

Uma ação de desmatamento numa área de preservação localizada há quinze quilômetros do centro de Palmas, Paraná, levou a Força Verde a proceder a apreensão de cinco pessoas, sendo um menor,17. A rea desmatada chega 300 mil metros quadrados.De  acordo com a Força Verde, a vegetação devastada é de estágio médio, teve exploração abandonada, e depois a mata se regenerou por completo, sendo novamente devastada. s cinco pessoas foram encaminhadas para a delegacia local.

 

A intervenção da Força Verde encerra a segunda exploração criminosa que era feita no local. “É uma área com bastante incidência de espécies ameaçadas de extinção; existem imbuias e araucárias no local”, conta o sargento Roberto Katzenvadel, que participou da ação.

 

A região é natural ainda de nascentes e córregos, que também ficam prejudicados pela ação criminosa do desmatamento. “Espécies da fauna local perdem o seu habitat com este crime. São comuns pacas, tatus, cachorros-vinagre, além de pássaros silvestres”, conta o policial. Segundo ele, as pessoas detidas na ação estavam cortando madeira quando os policiais chegaram ao local.

 

 

“As pessoas detidas devem trabalhar para algum fazendeiro que será identificado pela PM. Serão feitos também, posteriormente, termos de apreensão para os materiais que eram usados no crime”, conta o sargento. As cinco pessoas foram encaminhadas para a delegacia local.