No inicio do mês, a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC) aprovou uma indicação do deputado Reno Caramori (PP), que solicita a pavimentação da rodovia SC-154, a partir da BR-282, ligando os municípios de Ponte Serrada e Passos Maia até a divisa com o município de Palmas, sul do Paraná. O parlamentar catarinense destacou que a obra irá beneficiar no escoamento da produção agrícola, além de contribuir na exploração dos potenciais energéticos, turístico, madeireiro e agropecuário da região. Outro ponto defendido por Caramori, é o acesso dos estudantes universitários, que se deslocam até Palmas, e que terão maior facilidade, caso o trecho seja asfaltado.

Com a aprovação, a presidência da ALESC enviou mensagem ao governador Raimundo Colombo (PSD) e ao secretário catarinense de Infraestrutura, João Carlos Ecker. O vice-prefeito de Palmas, Luis Fernando Reis Camargo, recebeu um ofício, em que se busca o apoio do Governo do Paraná, para a pavimentação do trajeto entre a PRc-280 e a divisa dos estados, num trecho de, aproximadamente, 12 quilômetros.

Em entrevista ao RBJ.com.br, o diretor-geral do DER-PR, Nelson Leal Júnior, informou que a solicitação já foi entregue ao departamento e agora, o governo paranaense deverá contratar uma empresa, para o desenvolvimento do projeto inicial da obra.

A distância entre Palmas e Ponte Serrada, por meio do trajeto asfaltado, é de 150 quilômetros. Caso o projeto se concretize, a distância entre os municípios diminuiria para 70 quilômetros, aproximadamente, dependendo da escolha do trajeto à ser pavimentado. A menor distância seria a partir do Trevo da Codapar. Porém, a indicação do deputado catarinense, reivindica a pavimentação a partir da PRC-280 via PCH Vitor Adami e Ponte Baixa, no rio Chapecó.