Após a Justiça acatar recurso apresentado pelo Governo do Estado, o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) homologou na última semana, processo licitatório para a construção da nova ponte sobre o Rio Chopim, na PR-912, ligando o município de Coronel Domingos Soares a Palmas.

Com a publicação em Diário Oficial, o processo deve seguir para a emissão da Ordem de Serviço, para que o consórcio vencedor do certame inicie as obras.

O Consórcio Rio Chopim, composto pelas empresas Itaúba Incorporações e Via Arte Construtora de Obras, será responsável pelas obras. A licitação tinha o valor máximo de R$ 7,4 milhões. O consórcio vencedor apresentou uma proposta de R$ 6.070.563,07.

Em setembro de 2019, o Departamento publicou edital de licitação para a construção da nova ponte sobre o Rio Chopim, na PR-912, entre Coronel Domingos Soares e Palmas. O valor estimado para a obra, inicialmente era de R$ 7,1 milhões, recursos oriundos do Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

No entanto, a licitação sofreu um pedido de impugnação por uma das empresas participantes do certame, sendo suspensa pelo departamento e reaberta no final de dezembro, com valor máximo de R$ 7,4 milhões.

O processo licitatório realizado em janeiro de 2018 para as obras de pavimentação da rodovia, não contemplava a construção da nova ponte. Conforme o projeto, a nova ponte terá 14,15 metros de largura e 123,9 metros de extensão. A empresa vencedora do processo licitatório terá um prazo de oito meses, após a emissão da ordem de serviço, para a conclusão da obra.

De acordo com o edital, a nova estrutura será constituídas por vigas pré-moldadas, com vãos de 39,20m cada, encerrando o comprimento total de 123,90 m, além das lajes de aproximação.

Com 14 metros de largura, a nova ponte contará com passagem para pedestres, faixa dupla para tráfego de veículos e acostamentos nos dois lados da via.