O deputado federal Valdir Rossoni (PSDB), juntamente com outros dez parlamentares, votou a favor da continuação das investigações sobre o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), processo que pode resultar na cassação do mandato do peemedebista, um dos alvos da operação Lava Jato, acusado de manter contas secretas no exterior e de ter mentido sobre a existência delas em depoimento à CPI da Petrobras, no mês de março.

O Conselho de Ética da Câmara conta também com outros dois paranaenses: o deputado Sandro Alex (PPS), que apresentou voto favorável pela continuidade e Ricardo Barros (PP), que votou contra a continuação das investigações.

A votação ocorreu poucas horas de pois de uma operação deflagrada pela Polícia Federal, que realizou buscas e apreensões na residência oficial de Cunha em Brasília e na sua casa no Rio de Janeiro. A ação apreendeu, dentre outros materiais, o celular pessoal do presidente da Câmara.

A sessão de votação no Conselho de Ética foi tensa, com bate-boca entre os integrantes do colegiado. Petistas e tucanos trocaram acusações, gerando discussões acaloradas, mas que logo se acalmaram. Houve a tentativa de um acordo para o adiamento da votação para amanhã (16), que não obteve êxito. Diante do cenário, o presidente do Conselho, José Carlos Araújo (PSD-BA), decidiu colocar em votação os três requerimentos de aliados de Cunha que pediam o adiamento da votação. No entanto, todos os pedidos acabaram sendo retirados pelos seus autores e o parecer foi votado em seguida.

Favoráveis a continuação das investigações = 11 deputados

Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP)

Fausto Pinato (PRB-SP)

Júlio Delgado (PSB-MG)

Leo de Brito (PT-AC)

Marcos Rogério (PDT-RO)

Nelson Marchezan Junior (PSDB-RS)

Paulo Azi (DEM-BA)

Sandro Alex (PPS-PR)

Zé Geraldo (PT-AC)

Valmir Prascidelli (PT-SP)

Rossoni (PSDB-PR) – suplente

 

Contrários a continuação das investigações = 9 deputados

Cacá Leão (PP-BA)

Erivelton Santana (PSC-BA)

Paulo Pereira da Silva (SD-SP)

Ricardo Barros (PP-PR)

Vinicius Gurgel (PR-AP)

Washington Reis (PMDB-RJ)

Wellington Roberto (PR-PB)

João Carlos Bacelar (PR-BA) – suplente

Manoel Júnior (PMDB-PB) – suplente