Por Evandro Carlos Artuzi (13h25)

Um dos grandes nomes do PSDB do Paraná lamentou nesta segunda-feira (01) a derrota do tucano José Serra nas eleições presidenciais deste ano. O Deputado Federal Gustavo Fruet (PSDB), que concorreu ao Senado Federal, disse lamentar a derrota de seu companheiro de partido, entretanto desejou sucesso a Dilma Rousseff (PT), eleita presidente do Brasil. Em entrevista a Onda Sul FM, de Francisco Beltrão, Fruet comentou os números da eleição e destacou a vitória do tucano no Sul, principalmente no Paraná, onde recebeu o apoio do governador eleito em 03 de outubro, Beto Richa (PSDB).
O parlamentar afirmou que foi mais uma vez o Nordeste que deu a vitória ao PT, porém espera um governo igualitário para todas as regiões do País, sem qualquer discriminação por parte de Dilma Rousseff (PT). Quanto ao PSDB, Fruet acredita que o partido não sai derrotado por que tem grandes nomes e fez uma campanha corajosa ao enfrentar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que tem uma grande aprovação da população.
Com a derrota de Serra neste ano e de Geraldo Alckmin em 2006, Fruet concorda que o senador eleito e ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB) é um nome forte para disputar a presidência em 2014. “Ainda não é hora de falar sobre 2014, mas acredito muito na força e na liderança de Aécio Neves que além de se eleger Senador foi também a grande responsável pela eleição do novo governador de Minas”, disse.
Quanto ao relacionamento entre o governador eleito Beto Richa (PSDB) e a presidente eleita Dilma Rousseff (PT), Fruet garante que deve ser de entendimento e de muita seriedade para que assim os Paranaenses não saiam prejudicados. “O PSDB tem sua posição e postura, mas em nenhum momento vai agir com intenção de prejudicar a população. As divergências políticas devem existir durante a campanha, após deve-se trabalhar em beneficio da população”, frisou.
Sobre a possível presença do candidato derrotado Osmar Dias (PDT) no Governo Federal, Fruet avaliou como positivo para o Paraná, assim como uma possível participação do atual governador Orlando Pessuti (PMDB). Paranaenses no Governo federal representa a força do Estado, desde que não estejam lá somente para cumprir tabela, ou seja, por favores políticos, mas sim com compromisso de fazer o melhor pelo povo, disse o deputado.

Ouça