Menu

Deputado Assis ministra palestra sobre previdência rural para mulheres e jovens agricultores familiares

redação 3 anos atrás

  • Compartilhe no Facebook

Deputado Assis do Couto (PDT). Foto de divulgação
  • Compartilhe no Facebook

Deputado Assis do Couto (PDT). Foto de divulgação

Mais de duas mil pessoas assistiram a uma palestra do deputado federal Assis do Couto (PDT-PR) sobre previdência rural, na semana passada. De acordo com o parlamentar paranaense, a luta pela manutenção dos direitos previdenciários dos agricultores familiares é uma das bandeiras do mandato.

A palestra aconteceu na quinta-feira (27) em Cascavel, durante o 7º encontro Interestadual da Mulher Rural e 3º Encontro Estadual da Juventude. O evento foi organizado pela Federação das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (UNICAFES PR) foi realizado na Associação Atlética da Coopavel.

Assis fez uma apresentação sobre previdência, com dados históricos de lutas para incluir o agricultor familiar na previdência e todo o trâmite legislativo para garantir os direitos destes trabalhadores rurais. O debate sobre a previdência, conforme o deputado, é necessário para levar às pessoas conhecimento contextualizado sobre a previdência rural. O debate sobre uma reforma na previdência é iminente e é preciso garantir direitos fundamentais, conquistados ao longo de vários anos de lutas pela categoria.

O deputado lembrou que, exceto ele próprio pela condição de parlamentar, todos os seus irmãos, que continuam trabalhando como agricultores familiares, estão na condição de segurados especiais da previdência. “Por isso, conhecemos esta temática de perto. Deixo minha homenagem às mulheres: lutem pelos seus direitos. Aos jovens presentes: vamos pegar gosto pela agricultura, mas precisamos lutar para garantir direitos, para que a gente possa ter uma juventude pronta para continuar produzindo alimentos neste País”, disse o deputado.

O deputado aproveitou a presença da juventude rural para parabenizar todos os jovens que ocuparam as escolas pelo Paraná na última semana em protesto à PEC 241 e à MP 746. “Deixo minha homenagem, também, a todos os jovens que estiveram no manifesto dos últimos dias contra a violência que se quer fazer contra o ensino médio no Brasil, através de uma medida provisória, e essa PEC que quer congelar os investimentos em educação e saúde por 20 anos”, concluiu.

Share This

É só clicar!