O projeto de lei nº 129/12, de autoria do deputado Antonio Anibelli Neto (PMDB), que dispõe sobre a instituição de diretrizes para o turismo religioso no estado do Paraná, começa a ser debatido em Plenário, pela Assembleia Legislativa, na sessão ordinária da próxima segunda-feira (25).

Segundo Anibelli Neto, que é presidente da Comissão de Turismo do Legislativo estadual, o objetivo da proposta é instituir diretrizes para o turismo religioso no estado, que se caracteriza pelas atividades turísticas decorrentes da busca espiritual e da prática religiosa em espaços e eventos relacionados às religiões institucionalizadas.

 

O parlamentar destaca que anualmente, no país, são realizadas cerca de 8,1 milhões de viagens domésticas com finalidade religiosa. Além disso, o país recebe ao ano aproximadamente 25 mil turistas estrangeiros movidos pela fé.

Pelo projeto, o  Poder Público deverá atuar na consolidação da modalidade turística, tomando-a efetivamente como importante fator de desenvolvimento sustentável, de distribuição de renda, de geração de emprego e da conservação do patrimônio natural, cultural e turístico paranaense, priorizando investimentos em implantação de infraestrutura básica nas diferentes localidades turísticas.

 

Segundo Anibelli Neto, o projeto trará ainda mais crescimento para o estado, a partir dos investimentos nas regiões que promovem a atividade, especialmente no interior paranaense. “Como temos festividades, datas e feriados religiosos, marchas e diversos eventos com objetivos religiosos, precisamos também pensar em beneficiar a população local com geração de empregos e com investimentos nas cidades”, acrescenta.