A Deputada paranaense Leandre Dal Ponte, líder do PV na Câmara Federal, anunciou que votará contra a reforma da previdência. A parlamentar manifestou seu posicionamento durante entrevista à Rádio Club/RBJ, ocasião que explicou seu voto favorável à reforma trabalhista.

Disse que apesar da polêmica, é preciso entender as propostas de forma distintas, inclusive com votações diferenciadas. “Eu votei favorável à reforma trabalhista, porque o texto apresentado é bom e melhora as relações de trabalho”. Conforme a deputada, ao contrário do que se propaga, a reforma não retira direitos dos trabalhadores. “A reforma aprimora alguns pontos e insere na legislação algumas questões que hoje se revolvem apenas na esfera judiciária”, avaliou. Para Leandre a legislação da CLT foi editada em 1943 e é necessária uma nova redação.

Em relação a Reforma da Previdência, já antecipou seu voto contrário por não concordar com os argumentos do governo. Para ela, o governo está transferindo para as pessoas um problema que o Estado tem que resolver. “Eu não voto contra porque todos são contra. Também não voto contrário ou favorável ao governo, simplesmente por estar ao lado ou em sua oposição. Voto pelo que considero certo e adequado”, disse Leandre acrescentando que ser seu cargo não é um emprego e sim uma missão e que não tem nada a perder no quadro do governo por seu posicionamento favorável ou contrário em relação as reformas.

Destacou que em relação ao posicionamento de seu partido não há entendimento comum, como ocorreu  na votação da reforma trabalhista “Eu vou discutir com a bancada e será seguido o  posicionamento majoritário, porém qualquer parlamentar é livre para votar conforme sua consciência e convicção”, finalizou.