Por Evandro Artuzi

Uma ação conjunta entre a Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos), Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal na madrugada deste sábado (21/04), resultou na prisão de três pessoas e uma quantidade expressiva de drogas sintéticas.

 

Os detidos estavam em um ônibus de turismo que seguia para uma festa rave, no Recanto São Francisco, em Pato Branco.

 

O coletivo foi abordado na BR 158, próximo ao trevo de acesso a Coronel Vivida. Durante a atuação policial, foram apreendidos 100 gramas de haxixe, 97 comprimidos de ecstasy, 68 pontos de LSD e uma pequena quantidade de maconha.

 

Os proprietários das drogas, Dulio Cesar Moreira Junior com 34 anos; Natacha Cury de Andrade com 21 anos; e Guilherme Davedovicz de Oliveira com 22 anos, foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, conforme preve o artigo 33 do CPB, cuja pena prevista é de 05 a 15 anos de reclusão.

 

Outras seis pessoas que estavam no coletivo também portavam drogas, porém somente para consumo. Essas foram autuadas e liberadas, respondendo apenas pela posse da droga, conforme prevê o artigo 28 da lei 11.343/2006.

 

Além das prisões, a polícia esteve no local onde a festa rave seria realizada e cumpriu uma ordem judicial proibindo a continuidade do evento que seria realziado até este domingo (22/04).

 

A liminar proibido o evento foi concedida pelo Juiz da Comarca de Pato Branco, com base em um relatório elaborado pela Polícia Civil expondo a situação do local, como por exemplo a falta de segurança.

 

Os delegados da Denarc, Leonardo Guimarães e Ivonei Oscar da Silva, da 5ª SDP, destacaram a importância da apreensão dos entorpecentes e do trabalho conjunto com os demais órgaõs de segurança.

Ao vivo, o delegado Leonardo Guimarães concedeu entrevista à Onda Sul FM e comentou sobre as prisões e apreensões.