Por Evandro Artuzi 

O Delegado Geral da Polícia Civil, Marcus Vinicius Michelotto, assinou as portarias que oficializam as trocas de delegados das divisões e subdivisões da Polícia Civil. São 35 trocas e o prazo para assumirem os novos postos varia de três a oito dias.
As escolhas correspondem ao perfil de cada delegado no que se refere a unidade que vai assumir.
As mudanças, independente do tempo de carreira de cada delegado, também correspondem às expectativas da nova filosofia da Secretaria da Segurança.
Nas trocas de delegado, a Divisão Policial da Capital recebe como novo delegado-chefe Valmir Soccio, que antes era o diretor-geral da Secretaria da Segurança Pública.
Na Divisão de Polícia do Interior, quem assume agora é Julio Cezar dos Reis.
Já na Corregedoria Geral da Polícia Civil quem passa a comandar é Paulo Ernesto de Araújo Cunha.
O responsável pelo Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial da Polícia Civil, é Renato Bastos Figueiroa, que comandava a Divisão Estadual de Narcóticos, agora sob o comando do delegado Riad Braga Farhat.
A Divisão de Crimes Contra o Patrimônio será chefiada por Luiz Carlos de Oliveira.
A Divisão de Polícia Especializada será assumida por Marco Antonio Lagana e a Divisão de Investigações Criminais por Luís Fernando Viana Artigas Junior.
A Divisão de Infraestrutura será comandada por Benedito Gonçalves Neto.
Na Secretaria Executiva assume Lonídia Raquel de Loiola Hecke, no lugar do delegado Francisco José Batista da Costa que assume como Delegado Geral Adjunto.
Para dirigir a Escola Superior de Polícia Civil foi escolhido o delegado Luiz Alberto Cartaxo de Moura.
Ivonei Oscar da Silva, delegado chefe da 5ª Subdivisão Policial de Pato Branco, Pedro Luiz Fontana, que comanda a 7ª SDP de Umuarama e José Aparecido Jacovós da 16ª SDP de Campo Mourão, permanecerão nos seus cargos.
Também ocorrerão mudanças no Instituto de Identificação do Paraná, agora comandado por Newton Tadeu da Rocha.
A 13ª SDP de Ponta Grossa será comandada pela Delegada Valéria Padovani, que estava na Delegacia de Palmeira.
Mudam as Subdivisões de Paranaguá, que será comandada por Roberto Fernandes, a 2ª SDP de Laranjeiras do Sul, onde assume o delegado Adriano Chohfi, que até então respondia pelo Núcleo do Denarc, em Pato Branco. Chohfi disse em entrevista a Onda Sul FM, de Francisco Beltrão, que recebeu com naturalidade a notícia de sua remoção. O delegado estava há quase três anos no Denarc e diz ter feito um bom trabalho no Sudoeste.
A 3ª SDP de São Matheus do Sul, que será comandada por Jorge Luiz Wolker e a 4ª SDP de União da Vitória para onde irá o delegado Wagner Holtz Merege Filho.
Já a 6ª SDP de Foz do Iguaçu, será chefiada por Rogério Antonio Lopes, a 8ª SDP de Paranavaí por Osmir Ferreira Neves Jr, a 9ª SDP de Maringá por Osnildo Carneiro Lemes, a 10ª SDP de Londrina por Marcio Ferreira Amaro e a 20ª SDP de Toledo por Amadeu Trevisan.
Marcos Belinati assumirá a 11ª Subdivisão de Cornélio Procópio, Sergio Luiz Barroso a 12ª SDP de Jacarezinho, Ítalo Biancardi a 14ª SDP de Guarapuava, Paulo Roberto Machado a 15ª SDP de Cascavel, Valdir Abrahão a 17ª SDP de Apucarana, Rubens Miranda Junior a 18ª SDP de Telêmaco Borba. Já a 19ª SDP de Francisco Beltrão será chefiada pelo Delegado David Passerino, atualmente lotado na 15ª SDP de Cascavel. O delegado disse que pretende dar continuidade ao bom trabalho e manter o respaldo que hoje a Polícia Civil tem em Francisco Beltrão. Passerino está há 18 anos na Polícia Civil.
O atual chefe da 19ª SDP, Wallace de Oliveira Britto, assume na capital a Delegacia de Crimes contra o Meio Ambiente. Ele esteve à frente da subdivisão em Francisco Beltrão por oito meses e avalia como positivo seu trabalho, dando ênfase à equipe de policias que o auxiliaram.
Na delegacia Regional de Marechal Cândido Rondon que esta sendo respondida interinamente pela delegada da operação verão, Erlina Paula Tapie Martins, não está prevista alteração.
O titular, Ari Nunes Pereira, está em férias e deverá reassumir suas funções a partir de fevereiro.

OUÇA