De 19 a 21 de junho, aconteceu a 39º Assembleia Ordinária da Pastoral Familiar, no Centro Cultura de Brasília (CCB), com apresentação da nova presidência e assessoria nacional da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família (CEPVF) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).
O bispo de Osasco (SP) e presidente do Conselho Episcopal para a Vida e a Família, da CNBB, dom João Bosco Barbosa de Sousa, eleito para presidir esta Comissão, participou convocando os casais para uma renovação dos trabalhos da Pastoral Familiar. “Queremos organizar melhor a articulação da Pastoral Familiar nos regionais, dioceses e paróquias”, disse dom Bosco. Dom João Bosco, por oito anos, foi pároco da Paróquia São Pedro, em Pato Branco – Diocese de Palmas-Francisco Beltrão.
Na programação do domingo, 21 de junho, a coordenação da Pastoral Familiar do Regional Oeste 2, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), apresentou proposta de lema e logomarca para o XV Congresso Nacional da Pastoral Familiar, que será em Cuiabá (MT), no período de 8 a 10 de setembro, em 2017. O evento é realizado a cada três anos em um Estado brasileiro. O Congresso é direcionado a religiosos, coordenadores, agentes da Pastoral Familiar e assessores, sendo um momento de comunhão e reflexão.
O Congresso da Pastoral Familiar antecederá a visita do Papa Francisco ao Brasil, por ocasião da celebração do Jubileu dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, no Rio Paraíba. O Papa estará em Aparecida para a grande festa no Santuário Nacional, em 12 de outubro de 2017. Fonte cnbb.