A estrutura do Natal em Francisco Beltrão está encantando munícipes e visitantes, mas principalmente despertando um brilho de alegria no olhar das crianças. Isso porque uma parceria da prefeitura com os responsáveis pelos brinquedos instalados no calçadão oferece diversão de forma gratuita.

  • Compartilhe no Facebook

(Foto: Wanderley Machado)

 

O prefeito Cleber Fontana comenta que é gratificante ver a cidade tão linda e no clima de Natal depois de um ano de muito trabalho, “passamos ao longo do ano algumas situações difíceis, mas estamos encerrando o ano nesse alto astral, otimismo, alegria. É isso que o prefeito, que todos da administração esperam: que as famílias beltronenses tenham realmente orgulho de Francisco Beltrão!”.

Todas as noites são inúmeras atrações culturais, atrativos pela área central, fazendo uma união entre visitação no comércio e visitação na decoração, “temos uma grande equipe do departamento de cultura que trabalha, sonha, projeta tudo nos mínimos detalhes. Toda administração, pessoal da limpeza, que planta flores, do urbanismo, enfim a saúde dando suporte também e orientados pela Mariah que é a nossa diretora do Departamento de Cultura e toda sua equipe”, destaca.

  • Compartilhe no Facebook

(Foto: Wanderley Machado)

Roda Gigante e Carrossel

A prefeitura contratou o “Trenzinho” para circulação durante todo o período de Natal, sem custo algum, desse modo, todo momento em que estiver funcionando, todos estão convidados a levarem as crianças. Outra negociação visando tornar acessível esse momento de diversão foi com a empresa responsável pelos brinquedos “Roda Gigante” e “Carrossel”, que possui custo de R$ 5,00. Porém, todas as crianças da rede pública municipal de ensino, das creches, que forem junto com a escola na parte da tarde poderão andar nos brinquedos de forma gratuita, “ todas as tardes terão escolas trazendo seus alunos e nós disponibilizamos o ônibus, não quero que nenhuma criança fique sem andar por às vezes não ter esses R$ 5,00”, enfatiza Cléber Fontana.

Confira a entrevista: