Nesta semana, representantes da Central Cresol Baser, participam do Fórum de Microfinanças – Foromic, que ocorre em Santiago, no Chile, entre os dias 26 e 30 de outubro. No local, estão sendo apresentados temas sobre o desenvolvimento das microfinanças internacionais.

De acordo com o presidente da Central Cresol Baser, Alzimiro Thomé, o modelo de microfinanças adotado pela América Latina e Caribe é destaque mundial, “a Cresol está cada vez mais ampliando sua rede de atendimento, e a busca de experiências em fóruns como este é essencial para conhecermos as diferentes formas de atuação no cenário financeiro, principalmente na América Latina, onde a Cresol tem forte representatividade e parcerias com outras cooperativas”, destaca.

Segundo o portal oficial do Fomomic, o evento tem se tornado um importante espaço para micro e pequenas empresas, no atendimento de diversas famílias. Com 16 edições, o Foromic mostra que a experiência dos trabalhos financeiros é a maneira mais eficaz para inovar os empreendimentos.

O Foromic teve sua primeira edição em 1998, criando espaço para microempresas inovação e plataforma de microfinanças para demonstrar que atendem famílias de baixa renda e pequenas empresas poderiam ser sustentável e rentável. O evento está em sua 16ª edição e neste ano contou na abertura do evento, com a presença da Presidenta do Chile, Michelle Bachelet, destacando ainda mais a importância do Fórum e das Microfinanças na América Latina.

Durante o fórum os representantes da Central Cresol Baser, também estão participando de reuniões para estruturar novas parcerias, e ampliar as redes de contatos internacionais, onde está agendado conversas sobre projetos para a base da pirâmide, pesquisa em finanças para agricultura adaptado às mudanças climáticas, projetos e pesquisa crédito verde, entre outros temas e debates com universidade e empresas de representatividade mundial.

“Eventos como estes nos trazem novas perspectivas, a Cresol nesses 20 anos de caminhada tornou-se referência nacional e internacional, onde por meio do crédito rural solidário mudou a realidade de muitas famílias cooperadas. O cenário financeiro está diretamente ligado as ações que a Cresol realiza com seus associados, e estarmos inseridos neste contexto de discussão e trocas de experiências é fundamental para o desenvolvimento de novas estratégias econômicas e cooperativistas”, comenta o Assessor da Central Cresol Baser e Conselheiro do FGCoop, Adriano Michelon, presente no evento.