José Gubmeyer Filho.
  • Compartilhe no Facebook

José Gubmeyer Filho.

Foi sepultado no Cemitério Municipal do Aeroporto na tarde desta quarta-feira (20), o corpo do morador de rua José Gubmeyer Filho, 35 anos, popular “Parangolé”, assassinado no mês de agosto, quando teve o corpo incendiado.

O sepultamento foi autorizado pela justiça a partir de um pedido feito pela direção do IML de Francisco Beltrão, onde o corpo estava desde 21 de agosto. Como nesse período nenhum familiar de José apareceu para reconhecer ou liberar o corpo, foi optado pelo sepultamento.

Apesar de ser bastante conhecido, a polícia não conseguiu encontrar nenhum documento oficial de José, por isso foi enterrado na condição de não identificado.

O crime

O crime continua sendo investigado pela Polícia Civil. Nesse período de 60 dias, várias diligências foram realizadas, mas nenhum suspeito foi apresentado até o momento. O delegado Valderez Scalco afirma que a investigação não foi encerrada e o crime não ficará sem solução. Segundo ele, em nenhum momento a polícia deixou de fazer seu trabalho para chegar aos responsáveis.