No último domingo, dia 22 de dezembro entramos na estação mais quente do ano, o Verão. Com isso, os riscos de afogamentos aumentam significativamente. Principalmente aqui na nossa região sudoeste que tem muitos rios, alagados e clubes aquáticos, usados como alternativa de lazer e para se refrescar.

Por ano, aproximadamente 500 mil pessoas morrem afogadas em todo o mundo. No Brasil, de acordo com dados da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA), são aproximadamente 6 mil casos de afogamento, sendo que cerca de 44% dos registros são entre os meses de novembro e fevereiro.

Durante entrevista a Rádio Onda Sul FM, a Aspirante Letícia Veríssimo, do 10º Grupamento do Corpo de Bombeiros de Francisco Beltrão, falou sobre os principais riscos, prevenções e cuidados que devemos ter. “É primordial que as pessoas tome algumas medidas de segurança para evitar esses acidentes. Sempre evitar nadar em local que não conhece direito, jamais entrar na água após ingestão de bebidas alcoólicas, nunca deixar as crianças sozinhas próximo aos rios e lagos, locais que tenham água. Ao presenciar alguém se afogando, tentar jogar material flutuante para essa pessoa e jamais entrar na água também para não correr o risco de se tornar mais uma vítima. Em caso de emergência sempre acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros através do número 193”.

Confira o áudio da entrevista na íntegra: