por Ivan Cezar Fochzato (com assessoria)

 

O jovem município de Coronel Domingos Soares de colonização antiga, se desmembrou  foi criado em 1995, tendo sua instalação em janeiro de 1997. Seu nome é uma homenagem ao político pioneiro do Sudoeste, o qual foi proprietário da Fazenda Bom Sucesso.Coronel Domingos Soares tornou-se distrito de Palmas em 16 de setembro de 1963, pela Lei Municipal nº 129 e foi elevado a município em 21 de dezembro de 1995, porém é costume da população, desde os primeiros anos, comemorar o Dia do Plebiscito, 10 de dezembro, como o aniversário do município.

width=210
  • Compartilhe no Facebook
Tal plebiscito, motivado e organizado por moradores e lideranças, tornou possível a criação de Coronel Domingos Soares que, em extensão territorial é o segundo maior do Sudoeste, com uma área de 1.557 metros quadrados, correspondendo a 0,77% da área total do Estado do Paraná. É composto de 17 comunidades, 07 assentamentos rurais, 01 vila rural e 01 distrito e quem nasce em Coronel Domingos Soares é chamado de domingosoarense.

width=210
  • Compartilhe no Facebook
De acordo com o prefeito, Mauro Correa de Almeida, Coronel Domingos Soares é um município promissor, que foi e vem sendo planejado para ter um futuro próspero, com investimentos, instalação de empresas, geração de empregos, enfim, dando oportunidade à população de se desenvolver e ter uma melhor qualidade de vida. “Nós vimos preparando Coronel Domingos Soares para o futuro, seguindo, muitas vezes, a linha de raciocício do ex-prefeito Celcio Luiz Reis, que foi quem deu início a tudo. Muito do que fizemos pelo nosso município nestes últimos anos não foi com o objetivo de resultados imediatos, mas sim de grandes e melhores resultados num futuro próximo, por isso investimos, com a aquisição do terreno para a implantação da primeira Área Industrial do município, contrução de barracão industrial, adquirimos e
width=210
  • Compartilhe no Facebook
distribuímos diversas patrulhas agrícolas para as associações, construímos a creche, conquistamos recursos para a construção do posto de saúde no Marcon e para a ampliação dos postos do Iratim, do Pedregulho, do Chopim, da Lavrama e da sede, estamos construindo o CRAS e a Capela Mortuária, conquistamos 69 casas populares pela Cohapar e adquirimos um terreno de mais de 38 mil metros quadrados para a construção destas casas, oferecemos mais de 70 cursos pela Ação Social, mais de 80 pela Agricultura e muitos outros pela Indústria e Comércio, doamos terreno para a associação dos servidores, finalizamos o Plano Diretor, implantamos o Plano de Cargos de Carreira e Vencimentos dos professores municipais, implantamos o Plano de Cargos e Salários do Funcionalismo Público Municipal, conseguimos a instalação de rede elétrica nos loteamentos Suely Ferreira Pires, Elenita e Tia Joana I e II, instalamos iluminação pública na Vila Rural, criamos a Expocel, viabilizamos os aviários, adquirimos e distribuímos calcário, apoiamos e demos assistência à bacia leiteira, ampliamos escolas, adquirimos materiais pedagógicos e esportivos, construímos o campo de futebol suíço, trouxemos o Atleta do Futuro e o Genoma Colorado, adquirimos quatro academias ao ar livre, mudamos o aspecto visual da cidade com inúmeras obras de calçamento e o primeiro trecho de asfalto, patrolamos,
width=210
  • Compartilhe no Facebook
cascalhamos e conservamos as estradas do interior, implantamos o plantão 24 horas na saúde, o Raio-X, o eletrocardiograma, o Programa Saúde na Escola, adquimos uma Odontomóvel, conseguimos a construção de poços artesianos na Nova Iguaçu, Iraras e Iratim, adquirimos um terreno de mais de 35 mil metros quadrados para a construção do novo Colégio Estadual Santa Catarina, conquistamos a ligação asfáltica pela estrada da Ponte do Chopim, obra esta que iniciará no próximo ano e que trará a Coronel Domingos Soares melhores condições de
width=210
  • Compartilhe no Facebook
crescimento e desenvolvimento”, recorda Mauro Correa, relembrando algumas ações desenvolvidas ao longo do seu governo visando o progresso do município. “Tudo o que fizemos foi pensando em transformar a realidade de Coronel Domingos Soares para melhor e dar à população da cidade e do interior condições mais dignas de vida e, aos mais jovens, uma perspectiva de que aqui é o lugar ideal para ficar e investir”, complementa o prefeito, com a certeza do dever cumprido.

O patrono

Domingos Soares nasceu em 16 de abril de 1852, em Guarapuava. Filho do Coronel Joaquim Mendes de Souza e de Cezarina Antonia de Jesus, Domingos Soares passou a maior parte de sua infância na Fazenda São Joaquim, no Município de Palmas, para onde veio residir ainda pequeno. Casou-se com Maria Lourenço de Araújo aos 24 anos. Foi proprietário da Fazenda Bom Sucesso, com 1.570 alqueires, hoje território do Município de Cel. Domingos Soares. De 1912 a 1916 e de 1925 a 1928 exerceu o cargo de prefeito de Palmas, e nas legislaturas de 1914 e 1918 foi deputado estadual, o primeiro do Sudoeste. Faleceu em 13 de março de 1928, com 76 anos de idade, na Fazenda Pitanga, em Palmas. Foi um célebre administrador, pessoa honrada e respeitada por todos, tendo sido homenageado nomeando o Distrito que mais tarde seria transformado em Município de Coronel Domingos Soares.