Para atender à demanda por energia elétrica de indústrias, estabelecimentos comerciais, imóveis rurais e residências do Sudoeste do Paraná, o sistema elétrico da região ganhou neste domingo (04) um importante reforço. Entrou em operação comercial a Linha de Transmissão (LT) 230kV Baixo Iguaçu – Realeza Sul, mais as obras de ampliação da subestação (SE) Realeza Sul e construção da subestação do Baixo Iguaçu.

O empreendimento atende diretamente cerca de 15 mil unidades consumidoras e teve investimento de R$ 34 milhões. “Trata-se de obras importantes para garantir plenas condições de crescimento do Sudoeste”, disse Daniel Pimentel Slaviero, presidente da Copel. “Com a ampliação da subestação e a construção da linha de transmissão, estamos reforçando a oferta de energia elétrica e elevando os índices de confiabilidade operacional do sistema elétrico local, com redução do risco de desligamentos e de variações de tensão”, afirmou.

A linha de transmissão tem início na Subestação Realeza, localizada no dentro do município, e termina na SE Baixo Iguaçu, no município de Capanema. Com o comprimento de aproximadamente 37.100 metros, a LT é composta por 88 estruturas metálicas.

O principal benefício é criar uma nova rota para escoamento da Usina de Baixo Iguaçu e para o atendimento da SE Realeza Sul, aumenta a confiabilidade e a qualidade do atendimento e reduz as perdas técnicas no sistema da região Sudoeste. O projeto foi iniciado em setembro de 2017 e foi concluído em menos de dois anos de obras, entrando em operação comercial com folga de um ano e sete meses do que foi estabelecido pelo cronograma da Aneel.

Fonte: AEN