Por Evandro Artuzi com informações da assessoria
Para o bom andamento e continuidade das ações relacionadas à construção da hidrelétrica Baixo Iguaçu, o prefeito Milton Kafer convidou a prefeita eleita Lindamir Denardim e o vice-prefeito Polaco para participar de reunião com o superintendente e engenheiro da Neo Energia. A reunião foi realizada na manha de quarta-feira 07/11 no gabinete do prefeito com objetivo de interar os próximos gestores, das negociações relacionadas ao empreendimento e a confirmação do inicio das obras prevista para o primeiro trimestre de 2013.

Com esta afirmativa, moradores dos municípios de Capanema e Capitão Leônidas Marques podem comemorar esta grande conquista que impulsionará o desenvolvimento de toda a região.

Vale salientar que a Usina Hidrelétrica de Baixo Iguaçu será construída e operada no conceito de fio dágua, sem reservatório, utilizando a vazão natural do rio. Será a usina com o menor impacto ambiental entre todas que estão na região do rio Iguaçu. Mesmo sendo construida neste modelo, já estão em andamento as negociações e indenizações as familias que terão parte de suas propriedades atingidas.

O projeto da Usina prevê uma potência de 350 megawatts (MW), suficiente para atender aproximadamente 2 milhão de pessoas, e custará pelo menos R$ 1,6 bilhão. As responsáveis pelo empreendimento são as empresas privadas Neoenergia (90%) e Desenvix (10%).

Diante do adiantado das negociações e da grande conquista o prefeito lembrou dos desafios e dos impasses devido às questões ambientais e burocráticas. Foi um tempo de muita luta, trabalho e de uma busca constante para solidificar esse empreendimento, agora, chegou à hora de colher os frutos dessa grande obra, destacou kafer.
Sendo que mais nada impeça o andamento dos trabalhos apartir do inicio das obras, é provável que a usina entre em operação comercial em 2016.