Conselho Municipal de Segurança será reativado em Francisco Beltrão

por Evandro Artuzzi em 9 de agosto de 2018 15:18
por Evandro Artuzzi em 9 de agosto de 2018 15:18
Esta matéria utiliza fontes de: Redação com assessoria

Na manhã de quarta-feira (8), na Associação Empresarial de Francisco Beltrão (Acefb), teve reunião na entidade com membros da Câmara Técnica de Segurança Pública (CTESP-FB). Na pauta, “reativação do Conselho Municipal de Segurança (Conseg)” e demais assuntos referentes à pasta. Comandou a reunião o Capitão Rogério Pitz, comandante da 1ª Companhia de Polícia Militar de Beltrão e coordenador da CTESP.

Juliane Pivatto, gerente geral do Banco do Brasil em Beltrão (agência Centro) participou da reunião e disse que era um anseio dela como membro da sociedade. “Já havia conversado com o Capitão Pitz sobre a importância de ter um Conseg ativo no município. Não é apenas a Polícia que ganha, a comunidade toda ganha. Inclusive comentei com alguns gerentes da região que não é difícil ativar esse conselho”, explica Juliane.

“É um tema de extrema relevância. A Polícia Militar, em contato com a Polícia Civil, buscou na sociedade algumas pessoas interessadas nas funções da diretoria executiva do Conselho de Segurança. E marcamos essa reunião na Acefb para dar mais lisura ao processo e acima de tudo fortalecer essa instituição tão importante, que é o Conselho de Segurança”, entende Pitz.

De acordo com o oficial, assumirá a presidência do Conseg o senhor Everson Picolotto. “Nós temos que fazer alguns levantamentos e encaminhar à Coordenadoria Estadual dos conselhos de segurança em Curitiba. Tão logo seja aprovada a nova diretoria executiva, a Coordenadoria Estadual emite a carta constitutiva e na sequência é marcada uma sessão solene para a posse”.

Entidades caminham na mesma direção

O Capitão chama a atenção para a boa presença da comunidade, instituições financeiras e pessoas ligadas à educação no encontro na Acefb, o que demonstra uma preocupação com o tema em questão. “Acredito que nós vamos ter uma boa gestão e melhorar a segurança de nossa cidade, através de grandes projetos feitos pelas mentes brilhantes dessa nova diretoria”.

Dentro da normalidade

Pitz informa que o efetivo policial de Beltrão tem uma previsão legal de 507 policiais. “Hoje estamos quase atingindo essa totalidade, atendemos os 27 municípios da microrregião. Graças ao investimento recente feito pelo governo do Estado conseguimos uma escola para mais 150 policiais. Hoje não tem nenhuma cidade aqui da região com menos de dois policiais trabalhando. É um privilégio que talvez não aconteça em outras regiões do Paraná”.

Fazem parte da CTESP: Polícia Civil, Unibel, Conselho da Comunidade, Penitenciária Estadual, Conselho Tutelar, Conseg, Polícia Ambiental, Debetran, Corpo de Bombeiros, Condef, 21º BPM (Polícia Militar), Acefb, Polícia Científica e Unioeste. A próxima reunião da CTESP ainda não tem data marcada.

Compartilhar