A Secretaria de Cultura promoveu nesta quarta-feira, 03, a Conferência Municipal de Cultura no município de Ampére. O tema deste ano é “Uma Política de Estado para a Cultura: Desafios do Sistema Nacional de Cultura”. O evento, realizado na Câmara de Vereadores, contou com palestra da ex-secretária da Cultura do município de São Miguel do Oeste (SC), Maria Tereza Capra. O Prefeito Hélio Alves prestigiou o evento.

A Conferência iniciou com dois belíssimos espetáculos de música. A aluna Nycole Maria Ceconi, da Escola Municipal Leopoldo de Witt, interpretou a execução do Hino Nacional e do Hino de Ampére com o apoio dos instrutores de música Itamar Barreto, no violão, e Alan Lipreri, na gaita. As estudantes Camile e Kézia, da Escola Municipal José Arnoldo Dresch, cantaram as músicas Pantanal e Pai Nosso.

Após a abertura oficial da cerimônia, a vereadora, advogada e ex-secretária da Cultura do município de São Miguel do Oeste (SC), Maria Tereza Capra, palestrante do evento, explicou aos participantes a respeito dos quatro eixos que norteiam a Conferência: I. Implementação do Sistema Nacional de Cultura, II. Promoção Simbólica e Diversidade Cultural, III. Cidadania e Direitos Culturais e IV. Cultura e Desenvolvimento. Segundo ela, a realização da Conferência é condição para o repasse de recursos federais ao município. “As cidades que não realizarem as suas conferências não receberão investimento público federal”.

O objetivo da Conferência Municipal de Cultura é promover o debate em torno do assunto e instituir a criação de um Sistema Municipal de Cultura. “A partir da Conferência, serão criados o Sistema Municipal de Cultura, o Comitê Municipal e o Fundo Municipal de Cultura, além de discutir as ações culturais que serão desenvolvidas no município”, afirma o Secretário de Cultura, Gilberto Valêncio.

Para Maria Tereza, somente através destes momentos de discussão a cultura receberá a relevância que merece.  “As Conferências são fundamentais porque além de promover o debate acerca da cultura, colocam-na em uma posição destaque. Somente desta forma vamos começar a transformar a ideia que se tem sobre cultura nos municípios. Dentro das Prefeituras, ainda se pensa que a Cultura deve ficar atrelada a educação e que os investimentos devem ser privados”, comenta a palestrante.

Os participantes do evento foram divididos em grupos para discussão dos quatros eixos que estruturaram a Conferência. Após o debate, as propostas foram aprovadas em plenário e dois delegados foram eleitos para participarem das próximas etapas do evento. O Secretário de Cultura agradece a participação da população no evento. “Agradeço a colaboração de todos que ajudaram e apontaram suas ideias para a execução do evento. Conseguimos levantar ótimas propostas para serem encaminhadas para a Conferência Estadual e para conhecimento do poder público”, diz Valêncio. A etapa estadual da Conferência da Cultura será realizada até o dia 15 de setembro. No âmbito nacional, o evento acontecerá entre os dias 26 a 29 de novembro deste ano.

A palestrante do evento, Maria Tereza Capra, elogia a realização do evento no município. “Ampére está de parabéns pela promoção desta conferência. A cultura alimenta a alma da população. Um país pode ter leis, e uma economia estruturada, mas se não tem tiver cultura, ele não possui identidade”, elogia. Maria Tereza também destacou a atuação do Prefeito Hélio Alves no se refere às ações culturais. “Parabenizo também o prefeito pela preocupação que possui com a Cultura do município. Através da cultura é possível levar dignidade às pessoas”.

Conforme o Prefeito Hélio Alves, as atividades culturais promovem alegria e união no município e o objetivo da Administração Municipal é disponibilizar diversos tipos de oficinas para aprendizagem de instrumentos musicais à população, bem como fomentar todo e qualquer tipo de manifestação artística. “A cultura contribui para trazer alegria ao nosso município e unem família, escola e sociedade. Uma apresentação de gaita, por exemplo, reúne nossa população e nos enche de orgulho dos talentos que existem em Ampére. O objetivo da nossa Administração é promover e apoiar os mais diversos tipos de atividades culturais”, afirma Hélio Alves.

OFICINAS CULTURAIS

A Secretaria de Cultura está com as inscrições para o curso de Artes Cênicas que englobará as atividades de teatro e dança. As aulas serão ministradas com a professora contratada pelo município, Nívea Cristina.  No mês passado, novos instrumentos foram adquiridos para oficinas de música oferecidas aos alunos. Uma bateria, duas sanfonas e seis violões foram comprados para disponibilizar aos interessados. Em breve novos horários de turmas serão abertos a população.