Por Luiz Carlos Bittencourt

 

     A Comissão de atualização do documento número 74 da CNBB, “Diretrizes para o Diaconato Permanente”, em vigor desde 2005, se reuniu nesta terça-feira, 7, na sede da CNBB, para realizar sua segunda reunião.
     Segundo o presidente da Comissão, dom Anuar Battisti, o encontro teve por objetivo trabalhar na revisão geral do documento. “Hoje fizemos um trabalho de revisão geral do conteúdo do documento: incluímos e excluímos textos, e, de maneira especial, atualizamos determinados temas do documento”, disse dom Anuar.
     Em processo de atualização desde agosto de 2010, o documento passa por uma revisão literária e será enviado até fevereiro de 2011 para todos os bispos do Brasil, para que eles conheçam as alterações no documento e possam fazer observações, acréscimos e exclusões. Após essa etapa, o texto será encaminhado para a Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB, até o dia 15 de abril.
     O texto acrescido das contribuições dos bispos será levado para a aprovação da 49ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, que acontecerá em maio de 2011. Caso seja aprovado, a presidência da CNBB encaminhará o material para a Congregação para a Educação Católica, em Roma, que deverá dar a aprovação definitiva do documento.
     Integram a Comissão de atualização do documento, o arcebispo de Maringá (PR), dom Anuar Battisti (presidente); o bispo auxiliar do Rio de Janeiro (RJ), dom Edson de Castro Homem; o bispo de Jundiaí (SP), dom Vicente Costa; o arcebispo de Teresina (PI), dom Sérgio da Rocha; o assessor da Comissão Episcopal para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada, padre Reginaldo de Lima; padre Valter Maurício Goedert; e os diáconos José Durán y Durán e Odélcio Calligaris Gomes da Costa.
Fonte: CNBB
     Na Diocese de Palmas-Francisco Beltrão são sete os diáconos permanentes, que trabalham em diversas paróquias.