Por Evandro Artuzi 

Moradores e principalmente comerciantes que tem seus estabelecimentos na Rua São Paulo, entre a Rua Florianópolis e Avenida Porto Alegre, realizaram uma reunião na noite desta segunda-feira (16). O assunto em pauta foi à mudança da Rua São Paulo, que passa a ser mão única sentido a Avenida União da Vitória a partir da próxima segunda-feira (23).
Os comerciantes manifestaram-se contrários a iniciativa da administração municipal e o Debetran, alegando que isso irá ocasionar queda nas vendas. O vereador Jocemar Madruga (PT) acompanhou a reunião e manifestou seu apoio aos comerciantes. Madruga ficou encarregado de agendar uma reunião com o prefeito Vilmar Reichembach, para discutir a situação.
Valdson Carvalho é comerciante há algum tempo no local. Para ele, a mudança deveria ter sido consultada junto aos comerciantes, o que não aconteceu. Ele alega que o comércio local sofrerá prejuízos de 50 a 60%.
Mesma opinião tem Eliane Favareto, proprietária de um estabelecimento instalado próximo ao ponto de ônibus, e que atende principalmente agricultores. Com a mão única, segundo ela, as pessoas vão deixar de freqüentar o local.

Ouça