• Compartilhe no Facebook

A confraternização ocorreu nas dependências do Colégio. Foto: Edson Zuconelli.

Na manhã do último sábado (15) o Colégio Estadual Nova Visão de Chopinzinho, sudoeste do estado, realizou um evento envolvendo ex-alunos e ex-funcionários para um resgate histórico do estabelecimento.

Houve um café da manhã de confraternização entre os atuais funcionários e as pessoas que passaram pela instituição de ensino, a qual foi à primeira escola da cidade. Segundo a Diretora do Colégio, Silvânia Maria Fiorentin, foi um momento de recordar, de contar histórias de como era o trabalho no início das atividades do colégio.

“O colégio hoje está em festa, estamos recordando a nossa história, conseguimos reunir a grande maioria dos professores que por essa escola já passaram e se aposentaram e nós estamos fazendo um café da manhã com eles, recordando, conversando, contando histórias de como era e também interagindo com os atuais profissionais que atuam no colégio”, salienta Silvânia.

HISTÓRICO:

Teve origem com a criação da Colônia Militar do Chopim por volta de 1900. O alferes, Joaquim Vieira Ferreira Sobrinha (1902), foi o primeiro a lecionar aos filhos dos colonos  que aqui colonizavam as terras, seguido de outros professores, entre eles: Maria Faustina Chichorro, Marina de Oliveira, Alcindo Alves de Oliveira e Doralina Pompeu da Silva (Dorinha).

A primeira escola foi nomeada “Escola Territorial Coronel Santiago Dantas”. No ano de 1954 começou a construção do Grupo  Escolar Santiago Dantas, cujo prédio  ainda é conservado, apresar das alterações por reformas.

O nome da escola foi uma homenagem ao Coronel Francisco Clementino de Santiago Dantas, militar brasileiro enviado à Província do Paraná e fundador da Colônia Militar do Chopim. O decreto da criação data de 28 de setembro de 1959, sob nº 24.506. Em sete de maio de 1980, pelo decreto nº 2.334 passou a denominar-se Escola Coronel Santiago Dantas – EPG. Em três de junho de 1983 ocorreu a alteração pela Resolução nº 2001, para Escola Estadual Coronel Santiago Dantas.

No ano de 1990, conforme resolução nº 3.274/89 ocorreu o ato de autorização da escola para atendimento do 1º Grau Regular e em 1997, conforme Decreto nº 365 ocorreu a implantação do Ensino Médio.

O atual nome, Colégio Estadual Nova Visão – EFM surgiu do  processo de municipalização, pertencendo o antigo nome com escola municipal. Pela resolução nº 3.120/98 da SEED passou a denominar-se Colégio Estadual Nova Visão – EFM.