Com o objetivo de dar continuidade na articulação da Comunicação no Regional Sul da CNBB – Estado do Paraná, a Arquidiocese de Maringá sediou o 5º Encontro da Pastoral da Comunicação – Pascom. Teve a presença de Dom Antonio Vagner da Silva (Bispo referencial da Pastoral da Comunicação do Regional Sul 2 e bispo da Diocese de Guarapuava), e representantes das dioceses paranaenses, dentre eles: padres, assessores de imprensa, membros da Pascom e demais profissionais de comunicação. A Diocese de Palmas-Francisco Beltrão foi representada pelos padres Valdecir Bressani (Assessor da Pastoral da Comunicação e Diretor do Instituto Sapientia de Filosofia), Deucir Poletti (Pároco da Paróquia de São Jorge do Oeste), Ivan Cesar (Radialista – Rádio Clube de Palmas e Agência de Notícias RBJ) e Luiz Carlos Bittencourt (Assessor de Imprensa da Diocese).
Foram tratados detalhes do 1º Mutirão Regional de Comunicação, a ser realizado em outubro de 2015, partilha do andamento da Pascom nas Arqui/dioceses e uma reflexão sobre como potencializar a comunicação no Paraná. Também houve um momento formativo com a professora Alexandra Fante (Doutoranda na Universidade Metodista em comunicação na linha de inovações tecnológicas na Comunicação Contemporânea) como tema: “As estratégias da comunicação com o uso das ferramentas do marketing e do facebook”.
Em entrevista à assessoria de imprensa da Diocese, a professora Alexandra explicou os principais tópicos de sua abordagem sobre a globalização da informação e a importância do regionalismo: “Precisamos falar dos pequenos ambientes da comunicação na igreja, na comunidade e para isso é preciso estratégias de marketing e do facebook”.
Sobre o perfil do comunicador, disse a professora que precisar ser multifuncional: “Trabalhar com o rádio, a tv, jornal, mas também com as mídias digitais. Ele precisa ter conhecimento de ralações públicas, de jornalismo, de marketing para que a comunicação seja efetiva, fazendo essa variedade de produtos para atingir o meio que queremos”.
Destacou Alexandra que o profissional de comunicação deve ter um planejamento para o desenvolvimento de seu trabalho: “Sem planejamento não temos alcance e nem resultado. Falar sem um público específico é comunicar em vão, é como falar uma linguagem que as pessoas não entendem”.
A notícia precisa ser resumida, mas também completa, ressalta a professora: “Principalmente nas redes sociais, as frases precisam ser curtas, mas a comunicação completa, com um texto bem elaborado, precisa estar disponível através de um link para direcionar esse conteúdo”.
A comunicação na Igreja Católica deve ser eficiente, diz: “É de suma importância esse encontro da Pastoral da Comunicação. A Igreja Católica, desde a invenção do rádio e a popularização da televisão, sempre investiu na comunicação. É importante manter esse aprendizado e atualização do comunicador apara que a comunicação da Igreja seja eficiente”.
Dom Vagner ressaltou a importância do Encontro Regional da Pascom em acreditar na necessidade da comunicação: “É preciso anunciar Jesus Cristo através da Palavra e da comunicação. Ele nos fez comunicadores quando disse ‘Ide, fazei discípulos meus todas as gentes’. É importante acreditar no que fazemos e na necessidade da comunicação e que estamos no rumo certo”. Dom Vagner enviou mensagem aos comunicadores da Diocese de Palmas-Francisco Beltrão: “Vocês já têm andado um caminho enorme na comunicação e que possam estar juntos e unir-se conosco”.
Para Jorge Teles, Coordenador da Pascom no Paraná, o Encontro de Comunicação do Regional foi positivo: “Trabalhamos um tema de formação e tivemos também um momento de avaliação da caminhada de cada diocese. Isso nos serve como exemplo e ânimo para dar novos passos. Traçamos metas para os próximos dois anos em darmos prosseguimento na caminhada da Pascom, com radialistas, jornalistas e assessores”.