A chuva e o mal tempo mais uma vez deixaram rastros de destruição em Palmas, sul do Paraná. Moradores dos Bairros São José, Santuário, Santa Cruz, Hípica e Lagoão voltaram a enfrentar os alagamentos de suas casas na tarde deste sábado, 28.

Na área central algumas ruas ficaram novamente submersas e a água em poucos minutos invadiu empresas nas imediações das ruas Coronel José Osório, Coronel João Pimpão e Rua Capitão Frederico T Guimarães.

Na Rua Barão do Rio Branco a água entrou em praticamente seis residências. O problema maior foi registrado na escola municipal Senhorinha Miranda Mendes.

O volume de chuva foi tão grande que as bocas de lobo não deram conta da vazão da água que invadiu uma residência estourou as paredes, desceu até o muro da escola estourando o mesmo, vindo a alagar todo o térreo do prédio da escola.

O diretor do departamento de Educação Cláudio Lombardi, informou o departamento de Jornalismo da Rádio Club AM ainda no sábado, 28, que os estragos foram expressivos e uma reunião de urgência foi feita logo após o fato e providências estarão sendo adotadas na segunda-feira.