Por Evandro Artuzi com informações da Assessoria

A chuva que atinge toda a região sudoeste desde a madruga de ontem (12) está causando transtornos e provocando alagamentos em Salto do Lontra. Dezenas de moradores que residem em locais próximos ao Rio Lontra ou mesmo de córregos estão sendo afetados.

Os bairros mais atingidos são: Vila Nova, Três Angicos, Santa Maria, São Miguel e São Cristóvão.

O nível do Rio Lontra subiu tanto nas últimas horas que já está praticamente sobre a ponte de acesso ao Centro de Eventos e ao Módulo Esportivo, cuja altura é de 3,5 metros.

Na comunidade de Santa Terezinha o rio também transbordou, passou sobre a ponte e está impedindo o tráfego de veículos, inclusive do Transporte Escolar. Os alunos e agricultores que precisam se deslocar até a cidade estão tendo que utilizarem outras vias de acesso.

Pela manhã, houve queda de algumas árvores na PR 281, próximo ao trevo de acesso à Nova Esperança do Sudoeste, na curva conhecida como “curva do Chicóski”. Uma Kombi acabou colidindo nas árvores, mas ninguém se feriu. Houve apenas danos de pequena monta no veículo.

Ainda próximo ao trevo, na Linha Romani, também houve o desmoronamento de parte de um barranco ao lado da rodovia. Equipes do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) juntamente com funcionários da Prefeitura agiram rapidamente e liberaram a via.

Os Departamentos Municipais de Defesa Civil, Urbanismo, Ação Social, Rodoviário e Viação e Obras da Prefeitura e o Bombeiro Comunitário estão trabalhando desde as primeiras horas do dia, auxiliando os moradores mais atingidos e disponibilizando de caminhões para retirar os pertences destas famílias. Alguns estão sendo encaminhados para casa de parentes ou amigos e outros para o Centro Comunitário da Igreja Matriz.

Quem precisar de ajuda pode entrar em contato pelos telefones 3538 2047, 91031145 ou 199.

Inclusive, a previsão para as próximas horas aponta para mais chuva.

De acordo com a Cooperativa Coasul, já choveu mais de 100 mm nas últimas horas em Salto do Lontra.