O excesso de chuva em Francisco Beltrão, Sudoeste do Estado, na manhã deste domingo (18) provocou alguns transtornos à população. De acordo com o Simepar, das 6 horas da manhã as 14 horas, foram registrados 117 milímetros na cidade.

Por conta disso foram registrados alagamentos de ruas em alguns pontos da cidade, como na Rua Albatroz – Bairro Padre Ulrico. Também foram verificados problemas nas Rua Félix Manfrói, no Bairro Júpiter, e Amazonas, no Bairro Pinheiro. Nessa última, o córrego Guaratinguetá transbordou. O parque de Exposições teve as partes mais baixas alagadas com o transbordo do córrego Urutago.

No Bairro São Cristóvão foi verificado alagamento de algumas ruas, mas nenhuma residência foi afetada. No centro da cidade, a Rua Vereador Romeu Lauro Werlang, próximo da 8ª Regional de Saúde, teve um ponto de alagamento. Nesse local, o problema foi provocado pela falta de vazão das galerias pluviais, que não conseguiram absorver toda água da chuva.

No Bairro Jardim Seminário, a Rua Buenos Aires ficou parcialmente interditada com o deslizamento de terra e a queda de uma árvore. Corpo de Bombeiros e Defesa Civil prestaram atendimento para evitar problemas maiores.

Conforme o meteorologista do Simepar, Reinaldo Olmar Kneib, vai continuar chovendo no Sudoeste, pelo menos até terça-feira (20).  Nesta segunda-feira (19) estão previstas pancadas de chuva acompanhadas de descargas elétricas no período da tarde. Já na terça-feira (20), volta chover forte em toda região, porém o volume deve ser menor do que o registrado neste domingo (18).

Fotos: Evandro Artuzi/ Josmar Ramos e Defesa Civil