Após denúncias de supostas irregularidades na eleição do Conselho Regional de Administração do Paraná, o Conselho Federal da categoria desclassificou a chapa declarada vencedora no pleito.

A decisão do Conselho Federal se baseou em denúncias de que a atual diretoria do CRA-PR teria favorecido a chapa 1, que recebeu mais votos. O suposto apoio contraria o regulamento de eleições da entidade.

Diante do que foi apresentado, a Comissão Eleitoral do CFA desclassificou a chapa 1, que era encabeçada pelo administrador Marcelo Iwersen, e declarou vencedora a chapa 2, que tinha como concorrentes aos cargos de conselheiros regionais efetivos Marcello Crispiniano Padula, Sérgio Kazuo Tsuru e Júlio Cesar Cristoffer Vieira.

A íntegra da decisão pode ser consultada aqui.