Foto: Assessoria.
  • Compartilhe no Facebook

Foto: Assessoria.

Na noite de terça-feira (14), no Anfiteatro David Rogos Schimtz, cerca de 60 pessoas receberam seus certificados de conclusão de curso.

Foram 25 pessoas formadas no Programa Bom Negócio Paraná, ofertado pela Unicentro, e 35 pessoas pelo SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, em cursos variados. Os alunos participaram das aulas de abril a dezembro de 2016. Todos os cursos foram ofertados gratuitamente à população, em parceria das instituições com a Administração Municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento, Inovação e Tecnologia.

“É com muita alegria que estas 60 pessoas estão recebendo seus certificados. Os programas funcionam em parceria com o Município, que oportuniza as pessoas buscar capacitação, treinamento e melhorar seu negócio”, conta o Prefeito Álvaro Scolaro, presente no evento. Além do conhecimento recebido, ao concluírem os cursos os participantes tem vantagens em Programas, como do Fomento Paraná. Scolaro explica que os programas objetivam levar mais capacitação para os empreendedores e para os profissionais, qualificando mão-de-obra para o mercado de trabalho.

 

Pelo SENAI, receberam certificado concluintes dos seguintes cursos: Nr 18, Instalador Hidráulico; desenvolvimento de rotulagem, confeiteiro, rotulagem de alimentos, elaboração de salgados, atendimento ao cliente e análise de mercado. Alguns destes cursos integram o Programa Pró-Alimentos Chopinzinho, que iniciou em 2016 para capacitar empreendedores do ramo alimentício.

A Chefe da Divisão de Emprego e Rendas, Francineli Dalmolin, explica que a recepção dos cursos por parte dos concluintes é positiva. “Com alguns levantamentos que fizemos, pudemos perceber algumas diferenças nos empreendedores, principalmente no que diz respeito à parte administrativa. Em especial, aprenderam a controlar o dinheiro, a separar os valores pessoais e da empresa”, afirma Francineli.

 

Para 2017, estão programados novos cursos, ainda para o 1º semestre. No momento, a Secretaria de Desenvolvimento faz levantamento de demanda, para ver o que vai atender melhor empresas e profissionais. Os cursos serão mais abrangentes e serão voltados a toda a população.