O município de Vargem Bonita, localizado há 100 quilômetros de Palmas, sul do Paraná, receberá investimentos na ordem de R$ 600 milhões por parte da Celulose Irani, a quarta maior produtora de papel ondulado do país. A empresa irá vai aumentar a capacidade em 159 mil toneladas de produtos por ano em Santa Catarina, em um prazo de cinco anos.

O número é referente a dois setores focados nos planos da empresa: o de papel para embalagens, onde o crescimento será de 135 mil toneladas, saltando de 214 para 349 toneladas por ano; e o das embalagens de papelão ondulado, que terá 24 mil toneladas a mais anualmente. A unidade fabril do município vargenbonitense é um centro importante para a empresa, pois localiza-se próximo das florestas de matéria prima e também dos frigoríficos, que são os principais clientes da marca.

A presidência do Grupo Habitasul, controlador da empresa, assinou, na última segunda-feira (19), o protocolo de intenções junto ao Governo de Santa Catarina, para iniciar a busca por recursos, por meio de financiamentos, além do capital próprio do grupo.  Após firmadas as parcerias, o projeto será encaminhado para a aprovação do Conselho de Administração da empresa. Ainda não há prazo para início das obras, mas já estão sendo feitas avaliações e solicitação de licenças para construções e mudanças.