A menina Catharine Beatriz Cordeiro Giordani, de cinco meses, está em São Paulo recebendo cuidados médicos e tentando identificar um doador compatível para o transplante de fígado. A mãe Rosemara Cordeiro e o pai Daniel Giordani estão juntos, na capital paulista, e buscam doadores com sangue tipo ‘O’ negativo ou positivo para testarem a compatibilidade.

Catharine e a mãe Rosemara. foto: jornal de beltrão
  • Compartilhe no Facebook

Catharine e a mãe Rosemara. foto: jornal de beltrão

Os custos da viagem são bancados pelo Departamento de Saúde e Assistência Social de Marmeleiro, através do prefeito da cidade Luiz Fernando Bandeira, que disponibilizou toda a estrutura municipal para dar suporte à família. Outro colaborador é Fabiano Roberto Ribas que levou a família até Foz do Iguaçu, quando no sábado, 4, embarcaram num avião até São Paulo, onde deram início ao tratamento.

Fabiano afirmou ainda que além de todo o recurso conquistado e entregue para a mãe Rosemara, a comunidade de Marmeleiro se organizou e vão doar mais uma quantia em dinheiro para as despesas futuras. Por telefone, direto de São Paulo, Rosemara disse que não tem palavras para agradecer tudo o que o município de Marmeleiro está fazendo, incluindo a prefeitura e toda comunidade. Ela declarou ainda que até dezembro, se encontrar o doador, Catherine vai fazer o transplante e as chances de ficar bem são grandes.

Quem se interessar em ajudar a pequena Catherine pode entrar em contato pelos fones (46)9904-0865 ou 8414-4955. Doações em dinheiro podem ser feitas na conta poupança 13.802-9 (variação 51), agência 0616-5, no Banco do Brasil. “Toda a ajuda continua sendo bem vinda”, finalizou Rosemara.

A rádio Onda Sul Fm acompanha o caso desde o início.