Dezembro chegou e já dá para sentir no ar o cheirinho do Natal. Nessa época, crianças do país inteiro começam a escrever suas cartinhas repletas de pedidos para o Bom Velhinho. Começam então as campanhas para concretizar o máximo possível a alegria desses baixinhos. Pensando nisso empregados dos Correios, comovidos com as mensagens escritas em letrinhas recém-aprendidas que chegavam até a empresa, decidiram começar a tirar esses sonhos do papel. Nascia aí uma das campanhas de solidariedade mais queridas pelos brasileiros: o Papai Noel dos Correios.

Com o passar dos anos, a ação ganhou força, se espalhou e hoje, une a empresa e a população em uma grande corrente de amor e generosidade. Em Francisco Beltrão, todos os anos, os Correios presenteiam alunos de uma escola. Este ano, a campanha adotou as cartinhas de aproximadamente 630 alunos da Escola Madre Boa Ventura serão beneficiados. Segundo a gerente Lilian Locatelli, a agência uniu forças para a tender toda a demanda. “As crianças do colégio são crianças carentes, algumas pediram além do presente alimentos, então é maravilhoso poder ajudar de alguma forma”.

Para que tudo isso possa se tornar realidade, Lilian enfatiza que os Correios contam com a ajuda dos parceiros, dispostos a fazer a magia do Natal acontecer. “Sozinhos não somos ninguém, temos parceiros que adotaram as cartas, estão trazendo os brinquedos pra gente, todas as cartas já foram adotadas”.

A campanha vigente há mais de 30 anos, visa também estimular as crianças no desenvolvimento de redação de cartas. A prática permite valorizar a escrita e o interesse pelo aprendizado escolar.

Confira a matéria na íntegra: