Aconteceu na manhã do último sábado (20), a terceira edição da Caminhada da Acessibilidade, evento organizado pela Associação dos deficientes Físicos e Visuais de Francisco Beltrão – Adfvfb, com apoio da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Debetran e Unipar, através do curso de enfermagem.

Nesse ano o lema da caminhada foi “Todos por uma nação mais acessível e inclusiva”.  Idoso e portadores de deficiência física se reuniram no Calçadão central de Francisco Beltrão, de onde seguiram pela Avenida Júlio Assis Cavalheiro até o Terminal Urbano, num trajeto de aproximadamente 500 metros, retornando ao ponto inicial pela mesma avenida.

O objetivo do evento, segundo presidente da associação Félix Padilha, é chamar atenção das autoridades e da população para os direitos do grupo,  uma vez Francisco Beltrão ainda conta com poucos pontos de acessibilidade em vias e estabelecimentos comerciais, atualmente cerca de 20% somente.

Dignidade de respeito é a exigência principal das pessoas que convivem com a deficiência.  De acordo com o presidente da associação, a reivindicação é justa e atende também que não é portador de deficiência física como, por exemplo, gestantes e lactantes.

Apesar de ser um evento para chamar atenção do poder público, apenas a vereadora Elenir Maciel (PP) compareceu.  Os demais vereadores e os membros do executivo municipal não participaram da caminhada, ao contrário do ato realizado recentemente em Marmeleiro, onde houve grande adesão da classe política e, até mesmo, do Poder Judiciário e Ministério Público. No entanto, os membros da associação esperam que suas reivindicações sejam levadas adiante pela vereadora Elenir que, inclusive, já é autora de projetos importantes para a classe.

Fotos: Evandro Artuzi