O último sábado, Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi marcado por uma caminhada em Palmas. A iniciativa envolveu o Conselho Tutelar, CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) CRAs e CREAs (Centros de Referência de Assistência Social); Ação Social e várias outras organizações públicas e privadas.

A caminhada iniciou no Porungal e seguiu pela Rua Bernardo Ribeiro Viana até a Praça do Senhor Bom Jesus. O tema desse ano foi “Faça Bonito. Proteja nossas Crianças e Adolescentes”.

Conforme a conselheira, Evaldina Boese a campanha teve como principal objetivo estimular a denúncia. A sociedade dispõe de vários canais para denunciar abusos e exploração, tais como – Conselho Tutelar ( 3263-3762 / 9918-1850);Delegacia de Polícia Civil,Polícia Militar, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal. Além disso, o Disque Denúncia Nacional – número 100.

A escolha da data é uma lembrança ao caso da menina seqüestrada em 18 de maio de 1973, Araceli Cabrera Sanches, então com oito anos, quando foi drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba.