Durante a Sessão Ordinária desta segunda-feira (26), os vereadores de Palmas, sul do Paraná apreciaram e aprovaram, em primeiro turno, os Projetos de Lei Nº 31 e 32/17, enviados pelo Poder Executivo. Os textos tratam do Plano Plurianual (PPA) de investimentos para o quadriênio de 2018 a 2021 e a Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO) para elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA) do próximo ano.
Por iniciativa dos vereadores, oo PL que trata do PPA recebeu 07 emendas aditivas enquanto que a LDO teve seis modificativas e outras 8 aditivas.

As propostas foram encaminhadas ao Legislativo após audiências públicas de apresentação apresentação aos moradores dos bairros e centro. Os encontros organizados pelos Departamentos de Planejamento e Contabilidade, onde explanaram as metas e prioridades da administração pública para o próximo exercício e os projetos e programas de longa duração do governo, definindo objetivos para um período de quatro anos.

As demandas apresentadas pela população foram inseridas nos documentos encaminhados à Câmara para votação. Aprovadas, as leis embasarão a formulação Lei Orçamentária do município para 2018, que igualmente deverá ser votado pelo Legislativo.  A projeção é de que o orçamento municipal fique próximo de R$ 140 milhões, nos mesmos patamares dos últimos anos.

Conforme o contador, Ezequiel Goularth, a situação econômica do país e da arrecadação de impostos do município, não indicam que o município deverá ter acréscimo acentuado de arrecadação que justifiquem um orçamento maior para o próximo ano.