O Plenário da Câmara de Vereadores de Palmas, Sul do Paraná, decidirá, na sessão desta segunda-feira(11), se acata representação e denúncia contra agentes públicos pelos atos de improbidade administrativa pelo Executivo e quebra de decoro parlamentar por um membro da Casa.PAUTA DA SESSÃO

Uma das ações protocoladas no Legislativo,  relata que um de seus integrantes teria pedido aos representantes do Executivo, em 21 de novembro de 2018, a quantia de R$ 30 mil para votar em determinado candidato à presidência da Câmara de Vereadores. Caso a matéria seja acatada, e durante as investigações for provada a citada conduta do agente público, este poderá perder seu mandato. A representação é assinada pelo advogado, Leandro Souza Rosa.

Na sessão também deverá ser apreciada a denúncia sobre suposto crime de improbidade administrativa contra o prefeito e vice-prefeito do município. A proposição foi apresentada pelo jornalista/pedagogo/artista, Rodrigo Kohl Ribeiro e igualmente protocolada no Ministério Público da Comarca.

As motivações e interior teor das representações serão apresentadas durante a sessão, que iniciará às 19h00 com transmissão da Rádio Club 99,5 e também através da página do RBJ.