Durante a 14ª Sessão Ordinária de 2020 da Câmara de Chopinzinho, realizada na noite de terça-feira (26), o vereador Daniel Zanesco, fez uso da Tribuna Livre para falar sobre a cadeia produtiva de leite no município.

Segundo o Vereador, com a pandemia do coronavírus, os consumidores têm visto um aumento de preços nos mercados, contudo, o preço do leite diminuiu para o produtor. Segundo Zanesco, o município possui pouco mais de 700 produtores com cerca de 13.680 animais em lactação, setor que ocupa o terceiro maior PIB (Produto Interno Bruto) do município.

Daniel pediu o apoio dos demais vereadores para cobrar das autoridades uma solução para melhorar a atividade leiteira no município. “Gostaríamos de ter informações sobre como o preço do leite sobe para os consumidores e para o produtor baixa. Então, diante de algumas procuras que tivemos de produtores, viemos pedir o apoio dos demais vereadores para encontrarmos soluções e cobrarmos de nossos representantes, para que o Governo possa olhar para essa classe, com um olhar especial. Entendemos que existem as necessidades de isolamento, mas precisamos ter algumas atitudes voltadas para esse setor, para que, daqui a pouco, não tenhamos um caos, onde nossos produtores tenham que jogar o leite fora e ficar sem a sua importante renda mensal. Estivemos, recentemente, conversando com o Deputado Wilmar Reichembach, que é Presidente da Frente Parlamentar de Apoio à Cadeia Produtiva do Leite, e ele nos trouxe boas notícias dizendo que está levando ao conhecimento do Governador algumas sugestões, aqui do Sudoeste”.

O vereador sugeriu que fosse anexado ao oficio para ser encaminhado as autoridades estaduais, que possa ser comprado, através do Governo, o leite in natura dos laticínios, para fazer circular a produção e que esse leite seja doado para pessoas em vulnerabilidade social. Também que o Governo estude a possibilidade de diminuir o ICMS dos laticínios, fomentando e diminuindo custos para que eles consigam melhorar o escoamento dessa produção, além da redução do custo da energia dos nossos produtores de leite.

Da redação, com informações e foto da Assessoria