O cacique Idalino Fernandes foi reeleito à liderança da Terra Indígena Toldo Chimbangue, em Chapecó, Oeste de Santa Catarina, no pleito realizado no domingo (17). O destaque para a eleição foi a utilização de urna eletrônica para a contabilidade do votos. Foi a primeira vez que uma eleição indígena teve o uso do aparelho e a orientação por parte do Tribunal Regional Eleitoral.

O candidato reeleito obteve 64,3% dos votos, contra 33,3% do adversário, professor João Batista Antunes. Foram escolhidos também  o vice-cacique, Clair Rodrigues, e o capitão da aldeia, João Francisco de Oliveira. Dos 273 eleitores, 18 não compareceram à votação, de acordo com a Fundação Nacional do Índio (Funai). Brancos e nulos somaram seis votos. O pleito teve o acompanhamento também do Ministério Público Federal.